O FÓRUM

O Fórum da Juventude da CPLP é a instância da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa responsável pela proteção e promoção dos direitos das juventudes internacionalmente. Criado em 1997, possui como objetivo congregar as plataformas representativas oficiais das organizações de juventude da sociedade civil (Conselhos de Juventude) dos Estados-membros para o fortalecimento do protagonismo e da participação das juventudes no desenvolvimento dos seus países e do mundo. 
 
Os antecedentes que deram origem ao FJCPLP recuam à realização da primeira Cimeira de Ministros da Juventude da CPLP, em 1996, e à própria criação da CPLP. Sua contribuição histórica ainda é marcada pela sua atuação em momentos e conquistas importantes como o diálogo para o Acordo de Cooperação que instituiu a Conferência de Ministros de Juventude e Desporto da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CMJD-CPLP), as diversas edições dos Jogos Desportivos e a Bienal de Jovens Criadores da CPLP, além de um conjunto de documentos estruturantes e orientadores da intervenção da juventude na CPLP, designadamente o “Documento Estratégico para a Juventude da CPLP 2015 e Além”, a “Carta da Juventude da CPLP”, o “Projeto de Ação Estruturada para a Juventude da CPLP” e o “Plano de Ação para a Juventude 2018-2022”, já reconhecidos pela Cimeira de Chefes de Estado e de Governo. 
 
O FJCPLP ainda goza do status de único observador permanente da CMJD-CPLP e ao longo de sua história desenvolveu e participou de projetos importantes de/com/para as juventudes como o programa "Juventude Empreendedora", a "Escola de Jovens Líderes da CPLP", a "Ação para saúde visual de jovens em Moçambique", a "Semana da Juventude da CPLP", a Conferência de Jovens sobre o Futuro do Trabalho, o Ano da CPLP para a Juventude, a Celebração dos 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos, entre outras muitas iniciativas registradas formalmente na história da CPLP. 
 
O Conselho Nacional da Juventude do Brasil ocupou, por diversas vezes, funções no FJCPLP, com destaque para a Vice-Presidência entre os anos de 2015 e 2017 e a Presidência da Direção entre os anos de 2017 e 2021, com Marcus Barão, atual Presidente do CONJUVE. 

logos alta_parceiros2.jpg
foto2.png

“Nós não podemos desenvolver um país em que uma grande parte da população é jovem (...) sem o investimento na juventude, sem o engajamento da juventude. Então é preciso trabalhar com jovens e fazer com que as políticas públicas traduzam aquilo que é a demografia do país, para realmente poder transformar a realidade.”

 

AISSATU FORBS DJALO

Presidente do Fórum da Juventude da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa 2021-2023 e Presidente do Conselho Nacional da Juventude de Guiné-Bissau